APCEP - Associação Portuguesa para a Cultura e Educação Permanente
Untitled Document
  • apcep.pt
  • apcep.pt
  • apcep.pt
  • apcep.pt
  • apcep.pt
 
Seminário: Trabalhar e Formar-se na Indústria Conserveira
 
Realiza-se a 28 de Março de 2017, entre as 11 e as 17h30, na Sala 7 o seminário "Trabalhar e Formar-se na Indústria Conserveira".
 

Com este seminário pretende-se abordar temas relacionados com a relação entre os modos de organização do trabalho, desde de modos de inspiração taylorista, característicos de indústrias de mão-de-obra intensiva em diferentes sectores económicos, nomeadamente na indústria conserveira, até formas que muitos designam de pós-tayloristas, e a educação e formação (em sentido abrangente, bem como em sentido restrito enquanto formação profissional inicial e contínua) dos trabalhadores, entendidas enquanto processos de desenvolvimento pessoal e social daqueles que laboram em vários sectores económicos. Neste âmbito, os percursos de educação e formação formal, não formal e informal destes trabalhadores merecem particular atenção.

A realização do seminário resulta dos contactos estabelecidos com o Museu de Portimão. Este Museu apresenta-se como uma organização de divulgação e investigação do trabalho na indústria conserveira de particular valor e relevância, sendo detentor de um acervo diversificado e rico com grande interesse para aqueles que estudam os modos de organização do trabalho na indústria e a formação dos trabalhadores nesse sector.

O seminário integrará, ainda, o visionamento do filme “o Jogo da Sardinha” do qual o Museu de Portimão é detentor, e de um vídeo que é exibido no Museu e que se debruça sobre as histórias de vida de trabalhadores da indústria conserveira

Esta proposta conta ainda com a parceria da Associação Portuguesa para a Cultura e Educação Permanente (APCEP).

Programa

11h-11h10 Abertura do seminário
  João Pedro da Ponte (Diretor do Instituto de Educação da Universidade de Lisboa)

11h10-11h30 “Trabalhar e formar-se no e pelo trabalho”
  Paula Guimarães (Instituto de Educação da Universidade de Lisboa)

11h30-12h “Da Fábrica ao Museu”
  José Gameiro (Diretor Científico do Museu de Portimão)

12h-12h20 Comentário de Cármen Cavaco (Instituto de Educação da Universidade de Lisboa)

12h30 Intervalo

14h-14h30 “O Jogo da Sardinha”
  Com apresentação de Pedro Branco (Museu de Portimão)

14h30-14h50 Comentário de Luísa Veloso (Instituto Superior das Ciências do Trabalho e da Empresa)

15h-15h30 “Recolhas orais: operários conserveiros, trabalho e identidade”
  Com apresentação de Ana Ramos (Museu de Portimão)
 
15h30-15h50 Comentário de Natália Alves (Instituto de Educação da Universidade de Lisboa)

16h Intervalo

16h15-16h45 “A Fábrica de S. Francisco em laboração”
  António Feu (último proprietário da Fábrica de S. Francisco em Portimão)

16h45-17h15 Comentário de Paula Guimarães (Instituto de Educação da Universidade de Lisboa)

17h30 Encerramento

 
 
 



Untitled Document
 
 
 
 
 
 
 

 

 
 
 
Untitled Document

© 2016 Copyright - Todos os direitos reservados à Associação Portuguesa para a Cultura e Educação Permanente | Webmaster: David Albino