APCEP - Associação Portuguesa para a Cultura e Educação Permanente
Untitled Document
  • apcep.pt
  • apcep.pt
  • apcep.pt
  • apcep.pt
  • apcep.pt
 
Gaston Pineau e as Histórias de Vida, em Faro, a 26 de Maio
 
Por convite da APCEP e com o apoio da Universidade do Algarve, Gaston Pineau, especialista internacional da abordagem “Histórias de Vida”, animará um Atelier, no Complexo Pedagógico do Campus da Penha da Universidade do Algarve, em Faro, na 6ª feira, 26 de Maio, entre as 10h30 e as 12h30.
 
As inscrições são gratuitas mas obrigatórias (por motivos de capacidade da sala): até 16 de Maio, para rmbarros@ualg.pt

Sobre Gaston Pineau:
Gaston Pineau, nasceu em 3 de Abril de 1939 e é Professor Honorário em Ciências da Educação na Universidade de Tours (França). Os seus trabalhos inserem-se no campo das ciências da educação e da formação, onde desenvolveu uma teoria da educação permanente em dois tempos (experiencial ( formal) e três movimentos (autonomização, sociologização e ecologização), graças à abordagem das histórias de vida, autoformação, ecoformação, engenharia da formação e transdiciplinaridade.

Com 20 anos, Gaston Pineau fez a sua formação como trabalhador rural, em França e em Espanha. O seu activismo mo movimento pacifista Pax Christi levou-o a descobrir a universidade e as ciências da educação, tendo iniciado em 1967 os seus estudos na Universidade de Paris-Sorbonne, onde em 1973 defende uma Tese sob a direcção de Joffre Dumazedier, intitulada Rôle et système nouveaux en éducation. Approche systémique d’un service universitaire d’éducation permanente.  Esta tese foi publicada em 1980, com o título : Les combats aux frontières des organisations.

Entre 1968 e 1969, foi Conselheiro de Orientação para adultos, no CUCES de Nancy, onde fez face às necessidades de reconversão profissional dos mineiros da Lorena. De seguida (1969-1985), foi contratado pela Universidade de Montréal, no Québec, como responsável de investigação na Faculdade de Educação Permanente. 

Em 1978, Gaston Pineau participou numa equipa que, sob a orientação de Paul Lengrand e no âmbito do Instituto UNESCO para a Educação, definiu e desenvolveu as grandes áreas de educação basilar para a Educação Permanente. Num grupo de 10 elementos, vindos de Espanha, Inglaterra, Japão, Brasil, França, Polónia, Canadá e Portugal (José Mariano Gago e Alberto Melo), Gaston Pineau escolheu para tema do seu trabalho « O Tempo ».

Em 1984, publicou Produire sa vie : autoformation et autobiographie e defendeu em Tours uma Tese de Doutoramento de Estado intitulada Temps et contretemps en formation. Em 1985, foi nomeado como professor-investigador na Universidade François-Rabelais de Tours, onde se dedicou prioritariamente à abordagem das histórias de vida como método de investigação e de formação. Em 1996, criou a colecção Histoires de vie et formation nas Edições L’Harmattan, de Paris. É autor e co-autor de uma série de trabalhos que exploram as ligações entre a história de vida e a formação, dentro de uma perspectiva transdiciplinar. Desde 2014, Gaston Pineau, como investigador emérito, é membro do Centro de Investigação em Educação e Formação relativamente ao Ambiente e à Eco-Cidadania (Centr’ERE) da Universidade do Quebec em Montréal (UQAM).
 
 
 



Untitled Document
 
 
 
 
 
 
 

 

 
 
 
Untitled Document

© 2016 Copyright - Todos os direitos reservados à Associação Portuguesa para a Cultura e Educação Permanente | Webmaster: David Albino