APCEP - Associação Portuguesa para a Cultura e Educação Permanente
Untitled Document
  • apcep.pt
  • apcep.pt
  • apcep.pt
  • apcep.pt
  • apcep.pt
 
Circulo do Lisboa
 
Atividades em 2018

Conferência no âmbito do Ciclo de Conferências de Educação e Formação de Jovens e Adultos Pouco Escolarizados

A educação permanente no século XXI.
Rede de iniciativas de apoio, criação e solidariedade

Angel Marzo (Universidade de Barcelona, Catalunha)


27 de abril de 2018 – 16h
Sala 4

Instituto de Educação da Universidade de Lisboa
Alameda da Universidade, 1649-013 Lisboa


Resumo da Conferência
O conceito de educação permanente supõe a ideia de uma sociedade inclusiva, sendo considerado um instrumento de desenvolvimento de sociedades mais capazes e integradoras. A extensão da ação educativa ao largo da vida e no âmbito dos itinerários pessoal e coletivo revela-se um apoio e estímulo ao desenvolvimento. Desta feita, envolve mulheres e homens que reforçam a sua identidade e constroem uma sociedade equilibrada, bem como crítica, uma sociedade que constitui novos espaços de ação coletiva.
Algumas décadas depois da sua criação, o que resta das aspirações veiculadas pela educação permanente? Faz sentido falar de educação permanente na segunda década do século XXI? O que é que a educação permanente nos traz? Como é que se concretiza em diferentes contextos? Será que educação permanente significa escolarização permanente? Será a educação permanente um luxo ao alcance de poucos? Será uma imposição ao serviço de que interesses? Podemos permitir-nos os custos associados às atividades de educação permanente? Como é que a educação permanente contribui para a vida em sociedade?
Nesta intervenção abordamos o que considerarmos poder ser a educação permanente no momento atual e no que poderá tornar-se no futuro próximo.


Angel Marzo – nota biográfica

Professor Associado da Universidade de Barcelona, na Catalunha, a tempo parcial, e professor de educação básica de adultos no Centro de Formação de Adultos de Canyelles, em Barcelona. É autor de diversos livros e artigos sobre educação de adultos, educação e comunidade cigana e educação nas prisões, entre outras problemáticas. Desenvolveu diversas pesquisas locais e internacionais sobre aquisição de competências básicas, aprendizagem dos adultos e educação inclusiva. É membro e colaborador de movimentos educativos e sociais no âmbito da educação, do apoio às minorias étnicas e culturais, bem como da investigação e ação comunitárias. Foi diretor da revista Diálogos. Educacion y Formación de Personas Adultas entre 1994 a 2014.



O Círculo de Lisboa constituiu-se com 4 membros dos órgãos sociais residentes em Lisboa tendo, nas suas atividades, realizadas em 2017, mobilizado pessoas de Lisboa e arredores (dita Grande Lisboa). Da sua programação algumas atividades ficaram para o ano seguinte.

Desenvolveram-se, entretanto, com objetivos de reflexão sobre os percursos da Educação Permanente nos nossos dias, as seguintes atividades, que serviram igualmente para criar relações e parcerias com outras instituições:

- Em 21 de janeiro

Uma conversa sobre o livro “Sociedade sem Escolas” de Ivan Illich .


Com o contributo de Rui Canário e com a colaboração de Ana Catarina Lopes, traçou-se um olhar sobre as propostas educativas de Ivan Illich que, de certo modo, se relacionam com as políticas e medidas para a educação e para a educação de adultos e da aprendizagem realizada ao longo da vida.
Casa dos Açores em Lisboa


- Em 27 de janeiro


Instituto de Educação da Universidade de Lisboa

1ªs Jornadas sobre Alfabetização de Adultos que envolveu responsáveis e interessados por atividades de alfabetização vindos de várias zonas do país. Partilha de práticas existentes e levantamento das necessidades dos territórios foram os principais tópicos tratados.


- Em 19 de março

As aves não têm fronteiras!

Com os PÉS NA TERRA, no Estuário do Tejo, observámos aves que não têm fronteiras, guiados pela Manuela Paulo, para uma consciencialização vivida sobre um bem que é da responsabilidade de todos, pertencente às Zonas Húmidas de Importância Internacional.


Da torre Vasco da Gama à foz do rio Trancão


- Em 5 de abril

Círculo Dialógico Auto(Trans)Formativo, intitulado “Diálogos freireanos: processos de ensino- aprendizagem e auto(trans)formação permanente”, liderado pelo Prof. Celso Ilgo Henz, Professor da Universidade Federal de Santa Maria, no Brasil, e moderado por Manuela Paulo e Paula Guimarães.


Instituto de Educação da Universidade de Lisboa


- Em 19 de abril

Apresentação, por uma equipa APCEP, do Relatório, produzido no âmbito das 1ªs jornadas de Alfabetização, ao secretário de estado da Educação, Dr. João Costa e seu adjunto, Dr. André Mercier. Concordando com a análise pediu, o Senhor Secretário de Estado, a ajuda da APCEP na elaboração de um Plano de Ação Nacional.


Gabinete Governamental – Av. 5 de outubro


- Em 28 de março

Trabalhar e Formar-se na Indústria Conserveira.

Seminário onde se contaram histórias de viva voz, pelo diretor do museu de Portimão/ antigo dono da fabrica/técnicos do museu, e se viram histórias, através de 2 peças museológicas.


Seminário comentado por colegas do IE e ISCTE. No Instituto de Educação da Universidade de Lisboa- IE – sala 7


- Em 20 de maio

Street Art

Pela mão da Helena Cabeçadas fomos conhecer a Arte Urbana de Lisboa e o seu papel na interação com os jovens de bairros, onde se pratica.


Bairro Padre Cruz – Lisboa.


- Em 6 de junho

Aula aberta do Professor Licínio Lima sobre políticas públicas e de educação permanente. Coordenação de Paula Guimarães.


Instituto de Educação da Universidade de Lisboa


- Em 20 de junho

Uma conversa ao fim do dia.

Liderado por Rui Canário e onde se discutiram temáticas presentes no trabalho de Ivan Illich e estratégias para o futuro desenvolvimento de um Círculo de Estudo sobre o mesmo.


Auditório CASES: Cooperativa António Sérgio para a economia social _ Olaias _ Lisboa. Em parceria com a ANIMAR .


- Desde outubro

Coordenação, em contexto de trabalho, de estágios académicos de estudantes da licenciatura em Educação e Formação do Instituto de Educação de Lisboa.


Sede da Associação de Futebol de Lisboa (AFL) e outros locais de formação do distrito de Lisboa.


- Durante 2017

Com a Câmara de Almada, participação em várias reuniões, com a equipa responsável junto da vereação, com as Escolas, as Associações de Pais e o Centros de



Formação das Escolas de Almada em várias reuniões para conceção do Plano Municipal de prevenção do insucesso escolar cuja candidatura foi apresentada e aprovada pelo Ministério da Educação. Estas atividades contaram ainda com a parceria da Associação Olissipo Fórum.

Neste contexto participou-se ainda no Encontro Nacional das Cidades Inclusivas – 1 de março de 2017 e no Encontro Sucesso Educativo – 7 de setembro 2017.

 

 



Untitled Document
 
 
 
 
 
 
 
 

 

 
 
 
Untitled Document

© 2016 Copyright - Todos os direitos reservados à Associação Portuguesa para a Cultura e Educação Permanente | Webmaster: David Albino